Computação Forense

Rio pune Google por perfil falso no orkut

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) confirmou, em segunda instância, condenação do Google que deve indenizar uma vítima de falso perfil no orkut.

Uma jovem identificada como Roberta H. teve fotos pessoais suas usadas por um terceiro no orkut, que criou um falso perfil em que Roberta apresentava-se como garota de programa. A mulher alegou ter sofrido constrangimentos em família e no trabalho em função da fraude.

Além disso, a vítima acusou o Google de demorar demais para remover o conteúdo falso e não colaborar para identificar quem criou tal perfil. A Justiça decidiu que o Google Brasil deve pagar indenização à mulher no valor de R$ 12 mil.

A decisão causou surpresa porque, na maior parte das ações do tipo, o autor da fraude é quem acaba condenado a pagar eventuais indenizações e não a empresa que hospeda o conteúdo. O Google ainda pode recorrer da sentença.