Gestão de T.I.

Vale a pena construir um novo datacenter?

A construção de um datacenter é um investimento caro e de longo prazo que pode ser difícil de justificar. Porém, para algumas situações, construir um datacenter faz mais sentido do que reformar uma instalação ou contratar serviços de hospedagem.

ANÁLISE

A despeito da recente retração econômica e dos cortes nas despesas com TI, os gestores de datacenters têm relatado uma maior necessidade de espaço, apontando para limitações em termos de fornecimento de energia, espaço físico e capacidade de resfriamento. Uma pesquisa eletrônica interativa da Gartner sobre Datacenter, realizada em dezembro de 2008, indicou que 96% dos entrevistados planejam implementar projetos de instalações de datacenters durante os próximos dois anos. Esses projetos incluem a reforma de instalações, atualizações, expansão ou terceirização.

Quase 60% dos entrevistados disseram que planejam construir um novo datacenter nos próximos dois anos. Embora os entrevistados talvez não representem uma distribuição estatisticamente significativa (veja "Alimentação Elétrica e Resfriamento Continuam a Ser as Principais Questões Sobre Infra-estrutura do Datacenter"), os resultados casam com as consultas de clientes que a Gartner continua a receber.

Essas mudanças nos datacenters representam um grande desembolso de capital de dezenas a centenas de milhões de dólares, e elas precisam ser cuidadosamente concebidas antes de serem executadas. Em "Otimize Continuamente a Capacidade do Seu Datacenter Antes de Construir ou Adquirir Mais Recursos," apresentamos a idéia de que um ciclo de aperfeiçoamentos contínuos que envolva a liberação de capacidades já existentes deve ser usado antes de se chegar a um tal importante ponto no processo de tomada de decisões. Porém, os usuários que tiverem feito todo o possível para liberar capacidade, e agora precisem decidir se devem ou não construir um novo datacenters, devem considerar as seguintes perguntas chave.