S.O. Linux

O Linux no bolso

O Slax é uma distribuição customizada para ocupar pouco espaço, mas se engana quem acredita que ela possui poucos recursos.

A instalação mínima do Slax 6.1.2 ocupa aproximadamente 200 megabytes e vem com o ambiente gráfico KDE 3.5.1.  Quase todas as aplicações presentes são tradicionais deste ambiente.
Por exemplo:

•    Kopete 0.12.7 - Cliente mensageiro multiprotocolo;
•    Akregator 1.2.9 – Agregador RSS;
•    KWord 1.6.3 – Editor de textos;
•    Kpresenter 1.6.3 – Software de apresentação;
•    KSpread 1.6.3 – Planilhas de cálculo;
•    KPlayer 0.6.3 – Player multimídia, recheado de codecs.

As grandes sacadas desta distribuição estão no sistema de inicialização, no gerenciador de pacotes e no armazenamento online.

Existem três modos de inicialização: utilizando a memória RAM mapeada como disco (execução super rápida); direto do pen drive (as alterações são salvas no diretório /slax/changes/); ou direto do CD.

No instalador, os pacotes são comprimidos com o algoritmo Lempel-Ziv-Markov chain-Algorithm (LZMA), o mesmo utilizado pelo compactador 7zip. Para instalar uma nova aplicação, basta apontar o browser para o repositório de módulos e selecionar uma categoria. Em seguida, em uma lista, clicar na opção “Activate” do aplicativo desejado. Ele se instalará automaticamente.  Para remover um módulo instalado, há um utilitário chamado Slax Module Manager. Se você quiser customizar o pacote antes de instalá-lo, é possível criar a seleção de módulos e gerar a imagem ISO em seguida, pelo site oficial.

O armazenamento online tem capacidade de 30 MB (para mais espaço, o serviço é pago) e conta com um aplicativo para mapear como drive (Slax Drive). Útil para fazer backup temporário de arquivos.  No site do projeto, há até clientes para a plataforma Windows.