Prof. Marcos Monteiro, sou assíduo leitor de sua coluna no Jornal Diário do Nordeste e de seu site http://www.marcosmonteiro.com.br, mas lhe escrevo pois estou sendo vitimado por uma pessoa que insiste em publicar em um blog inverdades ao meu respeito, esta pessoa faz isso anonimamente, tenho como de alguma forma encontrar e punir quem esteja fazendo isso? (Carlos Silva)

Quando eu quero navegar na Internet primeiramente eu necessito conectar-me a ela, esta conexão é provida por um provedor de acesso, uma vez conectado eu recebo naquela data e hora um numero que é o meu endereço de Protocolo de Internet, este numero é fornecido pelo provedor de acesso dentro de um range de IPs que são autorizados a ele pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil, órgão publico e federal, não tem exceção, todos necessitarão deste numero IP (Internet Protocol) e enquanto eu estiver conectado ninguém no mundo poderá usar este mesmo endereço de IP, por esta razão, naquele momento este numero é minha identificação, único, como meu CPF ou RG, mas temporário, pois pode ocorrer que a cada conexão eu receba números diferente de IP.

Os mainframes, nascidos em 1946, eram computadores de grande porte acessados via ´terminal burro´, chamávamos assim porque o seu poder computacional não era utilizado para realização da operação. Era um monitor e teclado conectados em uma rede que permitia comandar o grande computador, este é que ficava responsável pelo processamento e armazenamento de dados. Muito tempo depois, o advento do Computador Pessoal mudou essa filosofia para um modelo stand alone, ou seja, só ele faz tudo, independente.

Depois da era dos mainframes e dos PCs, a onda agora é Computação nas Nuvens (em inglês, cloud computing), que refere-se à utilização da memória e das capacidades de armazenamento e cálculo de computadores e servidores compartilhados e interligados por meio da Internet. Neste caso, a nuvem sendo a internet. Esse modelo não é tão novo assim, pois o seu computador usará o poder de um outro que encontra-se na web, lembrando o bom e velho ´mainframe´.

Todo mundo que já precisou formatar o computador passou por aquela situação desagradável que é ver todos os seus programas favoritos sumirem, e aí, você tem que baixá-los um por um de novo. Ou então, chegou numa hora em que viu que estava com todos os aplicativos do seu computador desatualizados. E que isso pode ser um perigo e tanto para a sua segurança.

E é pra facilitar (e muito) a sua vida nessas horas que existe o Ninite. Ele é um aplicativo que instala outros aplicativos. E, acredite, isso pode te ajudar bastante numa emergência.

Site de compras coletivas cearense Acuma é? (www.acumae.com.br) se destaca com alguns diferencias!

Próximo de completar 01 ano de existência, o site de compras coletivas cearense Acuma é?, vem se destacando no mercado local por alguns diferencias, o principal deles é uma função de avaliação dos parceiros anunciantes, na área do usuário é possível avaliar cada utilização de cupom respondendo perguntas como: Como você qualifica essa oferta?, Você já conhecia o estabelecimento?, Você pensa em voltar lá?, além de poder contar como foi sua experiência no estabelecimento. “Esta funcionalidade contribuirá para a melhoria dos nossos serviços e seleção de parceiros” explica Fábio Alan, gerente de negócios do site. Outra funcionalidade a favor do cliente é o lembrete de cupom, onde o usuário receberá um email informando com antecedência de 7 dias sobre o vencimento de cada cupom em sua conta.

Gostaria que você me desse uma sugestão. Eu estou numa dúvida muito grande acerca de uma aquisição. Qual você acha a melhor compra, um notebook, um netbook ou um iPad? Sou advogado e estudante de mestrado. Qual dos três acima você acha que seria melhor para mim ? (Felipe Fernandes)

Antigamente, um computador era pensado como ferramenta de trabalho, nada como aquele desktop de processador de ultima geração e monitor acima de 18". Até que um dia observo que esta poderosa máquina não pode sair de casa. É um trambolho que até para mudar de cômodo na residência necessita de uma infraestrutura especial. Ávido por um pouco de mobilidade, sem querer abrir mão de muito poder computacional, opto por um super notebook com tela de 17". Até que um dia percebo que estou levando um troço enorme e pesado cuja bateria dura pouco mais de uma hora e que a busca pela mobilidade deve continuar. Substituo o supernotebook por um com tela de 14" e bateria que pode durar de 3 a 4 horas, sem tanta capacidade de processamento ou armazenamento. Estou feliz, do trabalho para casa, da casa para a faculdade, da faculdade para casa... Até que um dia, aquele notebook começou parecer pesado e enorme.